MOOC


Quando Stephen Downes e George Siemens cunharam o termo em 2008, os MOOCs (Cursos Online Abertos Massivos) foram conceituados como a próxima evolução da aprendizagem em rede. A essência do conceito original de MOOC é um curso da web que as pessoas podem estudar de qualquer lugar do mundo, com potencialmente milhares de participantes. A base desse conceito era um conjunto amplo e diversificado de conteúdo, contribuído por uma variedade de especialistas, educadores e instrutores de um campo específico, e agregados em um repositório central, como um site. O que fez este conjunto de conteúdos original era a possibilidade de que ele poderia ser "remixado" – os materiais não foram necessariamente projetados para serem usados juntos, mas se associaram uns com os outros através do MOOC. Um componente-chave da visão original era de que todos os materiais do curso e o próprio curso fossem de fonte aberta e livre – com a porta aberta por uma taxa se um participante fizer o curso e quiser crédito universitário para ser transcrito para o trabalho. Desde os primeiros dias, o interesse em MOOCs evoluiu a um ritmo sem precedentes, alimentada pela atenção dada aos participantes populares como Coursera, Udacity e edX em destaque na imprensa. Nestes novos exemplos, "aberto" não se refere necessariamente ao conteúdo aberto ou ao acesso aberto, mas só quer dizer "sem custo". Em última análise, muitos desafios ainda precisam ser resolvidos para apoiar a aprendizagem em larga escala. O aspecto mais atraente da proliferação de MOOCs é que ele está ajudando a destacar debates importantes sobre a aprendizagem online que simplesmente não poderia ter ocorrido antes do advento destes experimentos.

INSTRUÇÕES: Escreva suas respostas na questão abaixo. Isto é mais facilmente feito ao mover o cursor para o fim do último item, pressionando RETURN para criar um novo item de lista. Por favor, inclua URLs sempre que puder (URLs completas serão automaticamente convertidas em hyperlinks; por favor, digite-as integralmente ao invés de usar a ferramenta de link na barra de ferramentas).
Por favor, "assine" cada uma de suas contribuições ao marcá-las com o código de 4 tils (~) em uma linha para que possamos acompanhar você, caso precisemos de informações adicionais ou de exemplos – isto produz uma assinatura quando a página é atualizada, tal como: - Sam Sam Jul 17, 2014


(1) Como pode esta tecnologia ser relevante para o setor educacional que você mais conhece?

  • Acredito que o Mooc já tem sido utilizado com sucesso para cursos em níveis superiores ou pós-graduação, pois os alunos parecem estar mais preparados para o formato em que a aula acontece. Creio que somente no médio prazo, chegue para alunos de nível médio com maior intensidade. - adriano.neves adriano.neves Jun 1, 2015
  • Os MOOCs abrem por exemplo a oferta de cursos de nivelamento para alunos de diferentes instituições, além de poderem ser utilizados como material de consulta e acompanhamento em disciplinas do ensino superior. - Joao.Mattar Joao.Mattar Jun 10, 2015
  • adicione sua resposta aqui

(2) Quais temas estão faltando da descrição acima que você considera importante?

  • Considero essa tecnologia de aprendizagem a mais importante de todas porque oferece, no mundo todo, uma alternativa ao monopólio das instituições (frequentemente incompetentes e ultrapassadas no paradigma que seguem no seu modelo de ensino/aprendizagem) aprovadas pelas autoridades oficiais, ou pelo mercado (e seus critérios não necessariamente válidos). Aumenta a possibilidade do exercício da “cauda longa”, na qual é possível atender numerosas pessoas, espalhadas por um país ou pelo mundo, interessadas em assuntos esotéricos, nichos profissionalizantes e abordagens inovadoras ao conhecimento. Isso de forma verdadeiramente “aberta”—isto é, sem nenhum pre-requisito acadêmico ou exame de seleção. É “puramente” estudo pelo valor intrínseco do estudo. O modelo descrito omite a importante característica dos MOOCs: a avaliação do trabalho estudantil, que ocorre de duas formas (e soluciona o desafio de ter dezenas de milhares de aprendizes numa única iteração de um curso): (1) avaliação/colaboração dos pares—isto é cada trabalho estudantil é revisto por alguns outros estudantes do curso; (2) exames envolvendo trabalhos discursivos são avaliados totalmente por processos automatizados com alto grau de precisão e sucesso. Assim, a ausência de seres humanos durante a realização do curso (não sua preparação) viabiliza o atendimento de um grande número de pessoas desejosas de aprender. E o fato de um número grande de desistências não provoca preocupação porque os milhares de concluintes mais do que justificam, em termos sociais, o investimento. [frmlitto]
  • Trabalho por pares, a aplicação prática, a socialização da prática aplicada, o desenvolvimento de estratégias de motivação e retenção para diminuir índices de desistência e evasão. (- katia katia Jun 10, 2015)
  • É importante dizer que nem todos os MOOCs são gratuitos - em geral, o aluno pode participar do MOOC gratuitamente, mas no final precisa pagar para receber um Certificado. É essencial também reforçar que há diferentes modelos de MOOCs, confira p.ex. http://www.pucsp.br/pos/tidd/teccogs/artigos/2013/edicao_7/2-aprendizagem_em_ambientes_virtuais-joao_mattar.pdf - Joao.Mattar Joao.Mattar Jun 10, 2015

(3) O que você vê como o impacto potencial desta tecnologia no aprendizado, ensino ou investigação criativa?

  • depende muito do desenho e da intenção pedagógica do curso. (- katia katia Jun 10, 2015)
  • Utilização dos MOOCs como "bibliografia" de consulta para disciplinas no ensino superior. Possibilidade de os alunos compararem o ensino que está sendo oferecido para eles com estratégias de ensino distintas oferecidas nos MOOCs. - Joao.Mattar Joao.Mattar Jun 10, 2015

(4) Você tem ou conhece algum projeto sendo trabalhado nesta área?


Please share information about related projects via our NMC Horizon Project submission form.