What are Massively Open Online Courses?


Coined in 2008 by Stephen Downes and George Siemens, massively open online courses (MOOC) are conceptualized as the evolution of networked learning. MOOCs have not yet achieved their envisioned potential, but early experiments are promising. The essence of a MOOC is that it is a web courses that people can take from anywhere across the world, with potentially thousands of participants. The basis of each MOOC is an expansive and diverse set of content, contributed by a variety of experts, educators, and instructors in a specific field, and then aggregated into a central repository, such as web site. What makes this content set especially unique is that it is “remixed” -- the materials are not necessarily designed to go together but become associated with each other through the MOOC. A key component of the original vision is that all course materials and the course itself are open source and free -- with the door left open for a fee if a participant taking the course wishes university credit be transcripted for the work. A second key element is that the structure of MOOCs be minimalist, so as to allow participants to design their own learning path based upon whatever specific knowledge or skill they want to gain. The point is that participants can control how, where, and when they learn. Typically, the only defined elements of MOOCs are assignments in the form of presentations or discourse incited by discussion questions, where thousands of participants exchange ideas and responses in an online forum.


INSTRUCTIONS: Enter your responses to the questions below. This is most easily done by moving your cursor to the end of the last item and pressing RETURN to create a new bullet point. Please include URLs whenever you can (full URLs will automatically be turned into hyperlinks; please type them out rather than using the linking tools in the toolbar).

Please "sign" your contributions by marking with the code of 4 tildes (~) in a row so that we can follow up with you if we need additional information or leads to examples- this produces a signature when the page is updated, like this: - Larry Larry Feb 8, 2012

(1) How might this technology be relevant to the educational sector you know best?

  • - Sandra.Mariano Sandra.Mariano Aug 28, 2012 A expansão da oferta de conteúdos com a chancela de instituições renomadas colocará em posição delicada muitas instituições nacionais que terão dificuldade em competir com os novos plays. Estes poderão passar a oferecer serviços de certificação.
  • - Patricia.Lins Patricia.Lins Aug 29, 2012 Diversas universidades americanas de ponta, entre elas o MIT e a Universidade da California, estão participando de cursos de graduação on line, através de empresas especializadas, como Coursera, Udacity, 2Tor, no que pode ser um tsunami na educacão. Cursos oferecidos pela UCLA acabam tendo milhões de estudantes, mesmo que a maioria deles não cheguem até o fim. É muito mais barato. As universidades estão ficando com custo muito alto. Ainda estão em experimentação, mas as universidades não querem ficar de fora dessa tendência, que, certamente, é importante.

(2) What themes are missing from the above description that you think are important?

  • (- gilda.campos gilda.campos Aug 28, 2012) Há que se colocar a mudança cultural para que possamos compartilhar comteúdos. A cultura neo-liberal ainda faz com que os conteúdos de diferentes instituições sejam competitivos. A mudança do referencial é ainda necessária e já está sendo feita pelos alunos.
  • - Sandra.Mariano Sandra.Mariano Aug 28, 2012Complementando o que diz Gilda, o compartilhamento de conteúdos já é uma realidade, basta observar o caso do Portal Teca do CEDERJ e o ambiente de domínio pública do Ministério da Educação e o portal da Universidade Aberta do Brasil (UAB). Já está disponível um acervo considerável em língua portuguesa com licença Creative Communs, mais restritiva. Na medida em que as licenças se tornem mais abertas, com a possibilidade de derivação de obras, os conteúdos serão reutilizados em larga escala. Neste caso, seguindo a lógica liberal, produzir conteúdos ou remixá-lo não será mais a atividade de maior valor, dada a sua abundância, logo a geração de valor virá de outros atributos. Quem sabe não será novamente revalorizada capacidade de síntese, edição e seleção de conhecimentos.
  • - Patricia.Lins Patricia.Lins Aug 29, 2012 Vai acontecer uma mudança de paradigma. Os conteúdos serão aprendidos para a solução de problemas reais, em que todos colaboram. Para a solução, os alunos irão atrás dos conteúdos. Acabará funcionando como uma grande contribuição coletiva, inteligência coletiva, ambiente colaborativo. Muitos professores afirmam que o problema dos MOOCs é a avaliação, mas numa mudança de paradigma a avaliação também tem que mudar. na verdade, o grande problema é mudar o paradigma de doação de conteúdos para uma proposta de problemas, com aprendizagem hands-on.

(3) What do you see as the potential impact of this technology on teaching, learning, or creative inquiry?

  • - Sandra.Mariano Sandra.Mariano Aug 28, 2012 Enorme, pois o aluno terá cada vez mais conteúdos gratuitos a sua disposição. Poderá ser mais crítico com o professor que ainda tiver se preparado corretamente para ministrar uma aula.
  • - Patricia.Lins Patricia.Lins Aug 29, 2012 Um impacto gigantesco, na democratização da informação, na nova forma de entender a aprendizagem que é necessária para os MOOCs.

(4) Do you have or know of a project working in this area?


Please share information about related projects via our NMC Horizon Project submission form.